Agentes de Trânsito e servidores decidem manter greve no Município de Patos

assembleia_sinfemp1804bApós assembleia realizada na manhã desta segunda-feira, dia 18, na Associação Comercial e Industrial de Patos (ACIAP), os servidores públicos do Município de Patos decidiram pela manutenção da greve até que o Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP) seja notificado da decisão judicial que determina o retorno ao serviço.

A decisão da Desembargadora Maria das Neves do Egito, que concedeu liminar para o retorno imediato ao trabalho por parte dos servidores a pedido da Prefeitura Municipal de Patos, foi dada na última quinta-feira, dia 14, porém a intimação não chegou até o SINFEMP. “Se os servidores querem manter a greve nós manteremos, mas quando formos notificados faremos assembleia e decidiremos quais serão os nossos passos”, relatou José Gonçalves, vice-presidente do SINFEMP.

Já os Agentes de Trânsito, que estão em greve e decidiram mantê-la, serão recebidos pela prefeita Francisca Motta (PMDB) e o superintendente da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STtrans), Marcos Eduardo, nesta terça-feira, dia 19. Antônio Coelho, presidente do Sindicato Intermunicipal dos Agentes de Trânsito da Paraíba (SINATRAN-PB), relatou que existe uma falta de autoridade da prefeita para com o superintendente, pois quase sempre o diretor da autarquia ignora o chamado da gestora. “Espero que nesta terça a reunião se concretize, pois percebemos que a prefeita não tem autoridade sobre o superintendente”, disse Coelho.

Após a assembleia entre os servidores e os Agentes de Trânsito, os trabalhadores decidiram sair em caminhada até a sede da Prefeitura Municipal de Patos onde foram recebidos pela prefeita. A perspectiva é de que diante das inúmeras reivindicações, a gestão atenda algumas delas, entre estas a redução da jornada de serviço das atuais 40 horas semanais para 30, no entanto, ainda estão em discussão.

Jozivan Antero – Patosonline.com

Comente com o facebook

Comentários

Deixe uma resposta