Motoristas da Secretaria de Saúde de Patos protestam contra o atraso de diárias

motoristasOs motoristas que trabalham na Secretaria de Saúde de Patos, procuraram na tarde da última quinta-feira, dia 16 a direção do SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, para reclamaram de atrasos no pagamento das diárias no valor de R$ 50,00 (cinquenta reais).

Os servidores afirmaram que há três meses estão sem receber, tendo alguns acumulado até 7 diárias, trazendo grandes prejuízos, pois com o salário que ganham de apenas R$ 724,00 mais uma gratificação de R$ 430,00 (essa congelada desde 2012), não tem como arcar com as despesas, para depois a Prefeitura efetuar o pagamento.

A presidente do SINFEMP, Carminha Soares, fez contato com a Secretária de Saúde, Ilana Motta, que se comprometeu receber a entidade e os motoristas na próxima segunda-feira, dia 20, às 4 horas da tarde na sede da secretaria.

Para a sindicalista, não tem sentido os motoristas que viajam para Campina Grande, João Pessoa e até Recife, terem que sair de Patos as três horas da manhã, pois tem pacientes com consultas as 6 da manhã nestas cidades, trabalharem até 15 horas por dia e não receberem antecipadamente essas diárias e para complicar ainda mais, chega a um atraso de até 3 meses.

O SINFEMP aguarda a audiência que foi solicitada a Prefeita Francisca Mota, para discutir as reivindicações da categoria, que passa por um salário base de R$ 1.500,00 além das gratificações.  No tocante as diárias, a entidade defende que sejam pagas por quilometragem, sendo de R$ 150,00 para até 500 km. De R$ 200,00 de 501 a 1000 km. De R$ 300,00 para a quilometragem acima de 1001 km.

Outras reivindicações passam por salários diferenciados para os que trabalham em máquinas pesadas, ônibus, além do pagamento de insalubridade ou periculosidade.

Todos os motoristas lotados na secretaria de saúde estão sendo convidados para a reunião e no dia 11 de fevereiro, participarem da assembleia geral na Associação Comercial de Patos.

sinfemp.com.br

Comente com o facebook

Comentários

Deixe uma resposta