VEJA VÍDEOS e FOTOS: Servidores da Saúde de Patos saem às ruas pela aprovação do PCCS

Dezenas de servidores da saúde do município de Patos saíram às ruas da cidade nesta segunda-feira, dia 27, pela aprovação do Plano de Cargos, Carreira e Salários da Saúde, que foi entregue a Prefeita Francisca Mota, como também a Secretaria de Saúde desde o início do ano.

Além do SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, engrossaram a manifestação os agentes de saúde e de combate as endemias de Patos, através do SINDACSE.

como também do Sindicato dos Odontólogos /Seccional Patos

O Presidente da CTB- Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil na Paraíba, José Gonçalves, esteve presente dando apoio a luta dos trabalhadores e trabalhadoras da saúde do município.

Os manifestantes se concentraram em frente à sede do SINFEMP, localizado na Praça Edvaldo Motta, 63, centro e por volta das 10:00h saíram em caminhada até a Prefeitura Municipal de Patos, onde utilizando carro de som, palavras de ordem coletiva e usando apitos, os servidores denunciaram os problemas nas condições de trabalho, os baixos salários, a demora na aprovação do Plano de Cargos, Carreira e Salários – PCCS, pediram as 30 horas de trabalho durante a semana para enfermeiros, relataram a falta de isonomia salarial e de insalubridade dos servidores, dentre outras questões.
Foi denunciada a falta de material para realizar procedimentos dentários nos postos de saúde do município, material de trabalho a exemplo de EPI-Equipamento de Proteção Individual para os demais servidores e o assédio moral por parte de alguns diretores contra a mobilização da categoria, especialmente no SAMU-Patos.
Foi demonstrado que o salário do enfermeiro plantonista da cidade de Patos é o mais baixo do Brasil e muitos temem um remanejamento em massa de técnicos, tendo em vista boatos que a partir do dia 1º de junho, os técnicos de enfermagem serão substituídos das ambulâncias básicas por enfermeiros contratados.
Uma comissão composta por representantes de todas as categorias, além dos presidentes dos três sindicatos presentes, foi recebida pelo chefe de gabinete Pedro Leitão, marcando a audiência para as 10 horas da terça-feira, dia 28 de maio de 2013.

Para a presidente do SINFEMP- Carminha Soares a paralisação surtiu o efeito desejado e espera que na terça-feira, as 10:00 horas da manhã, quando acontecerá a audiência com a Prefeita Francisca Mota, seja garantida a aprovação de todas as demandas e reivindicações de todos.

O SINFEMP defende a aprovação imediata do PCCS da saúde e caso não saia, defenderá a greve dos servidores da saúde de Patos a partir da segunda quinzena do mês de junho de 2013, além de entrar com ações na justiça.

 

 

sinfemp.com.br

Comente com o facebook

Comentários

Deixe uma resposta