SINFEMP entrega pauta de reivindicações em audiência com a Prefeita Francisca Motta

A Diretoria do SINFEMP foi recebida pela Prefeita Francisca Motta e as Secretárias de Educação, Adalmira Marques, da Saúde, Illana Motta, da administração Charles, onde foi entregue a pauta de reivindicações dos servidores no tocante ao aumento salarial, aprovação dos Planos de Cargos, Carreira e Salários das duas secretarias, como também a aprovação do novo Estatuto do Servidor Público Municipal, que contemplará as demais secretarias.

Além da Diretoria do SINFEMP, estavam presentes os assessores jurídicos da entidade, Dr. Alexandre Oliveira e Dr. Damião Guimarães.

O SINFEMP quer aumento salarial de 15% para os professores ativos e aposentados,mantendo às 25 horas semanais, aumento salarial para os servidores da saúde, pagamento do quinquênio para os aposentados, pagamento dos precatórios, pagamento até o dia 30 de cada mês, pagamento de adicional noturno, pagamento de insalubridade/periculosidade, garantia da licença-prêmio remunerada, entrega de EPI- Equipamento de Proteção Individual, ampliação da licença-maternidade de 4 para 6 meses, eleições diretas para diretores de escolas e creches, prestação de contas do Patos Prev, pagamento de 1/3 de férias no mês de janeiro de cada ano, redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais, isonomia salarial para os servidores, independentemente da secretaria que estiver lotado, realização de concurso público e convocação dos aprovados de imediato, vale transporte para os servidores que moram distantes de seus locais de trabalho( incluído no contracheque), contra o assédio moral no serviço público, condições dignas de trabalho para todos os servidores,humanização no tratamento para com os servidores por parte de diretores e chefes de setor, aumento salarial para os servidores da Câmara, dentre outras reivindicações.

A Prefeita se comprometeu em analisar todas as reivindicações apresentadas e que dará uma resposta ao sindicato, até a realização das assembleias que acontecerão no dia 22 com os profissionais do magistério, dia 1º de março com os servidores da saúde e dia 2 de março com os demais servidores municipais.

Sobre a mudança de carga horária de 6 para 8 horas dos servidores da educação e os atestados médicos não serem aceitos ou o servidor ter que pagar os dias, com exceção dos professores, nada procede, segundo a prefeita.

Para a presidente do SINFEMP, Carminha Soares, a audiência foi proveitosa, pois a entidade apresentou todas as demandas dos servidores públicos municipais e espera uma resposta concreta por parte da Prefeita até o dia 22 de fevereiro, quando será realizada a primeira assembleia.

Comente com o facebook

Comentários

5 comentários em “SINFEMP entrega pauta de reivindicações em audiência com a Prefeita Francisca Motta”

  1. Joelma, nós não somos palhaços e sim representantes de uma categoria. Fomos eleitos para representar a mesma e buscar melhorias. A nossa iniciativa foi entregar a pauta de reivindicações e esperamos o atendimento por parte da prefeita Francisca Motta. Não praticamos a política do pão e circo e entendo que a atual gestora também não tem essa prática. O respeito é imprescindivel em qualquer discussão.

Deixe um comentário