Sinfemp irá procurar vereadores e pedir para eles votarem contra o projeto do prefeito

Curta!

A presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP), Carminha Soares, informou que irá procurar os vereadores de Patos e pedir para eles votarem contra o projeto de lei que a Prefeitura de Patos apresentou à Câmara e que trata da reestruturação do quadro de servidores efetivos do município. Segundo o sindicato o projeto retira direitos dos servidores da Administração, Saúde e Educação.

Segundo José Gonçalves, vice-presidente do Sinfemp, o projeto revoga 32 leis, criadas entre 1973 e 2016. “Um dos artigos retira claramente uma gratificação de 2% da Saúde, que é semelhante ao interstício dos professores. Esse prefeito incha a Prefeitura com 1.602 contratados e comissionados e não quer conceder a revisão salarial e, além disso, quer retirar direitos conquistados com muita luta”, disse José Gonçalves.

O Sinfemp informou que hoje (terça, 12), às 18 horas, os servidores municipais estarão na Câmara de Vereadores e, amanhã, 13, dia de paralisação, os servidores irão se concentrar às oito horas na sede do sindicato. “Vamos nos mobilizar porque o projeto do prefeito trará prejuízos aos servidores” reafirmou Gonçalves.

O sindicalista também comentou a nota emitida pela Prefeitura, principalmente no tocante à realização de concurso público. “Queremos a realização do concurso, mas mande um projeto exclusivo para o concurso, mas na verdade injetaram no projeto esse veneno contra os servidores efetivos. Outra coisa de se estranhar é ter 1.071  contratados e querer fazer concurso apenas para 500 vagas, sem falar nos 531 comissionados. Esse novo jeito de governar prejudica diretamente os servidores efetivos”, disse o sindicalista.

O Sinfemp disse que vai alertar os demais sindicatos de servidores para também agirem, pois, segundo Gonçalves, os filiados desses sindicatos também terão prejuízos.

Sinfemp

Comente com o facebook

Comentários