SINFEMP se reúne novamente com prefeito de Patos

Curta!

Em mais um encontro com os servidores públicos efetivos de Patos, o prefeito Dinaldinho Wanderley,esteve presente em uma reunião do Sindicato dos Funcionários Públicos de Patos e região (SINFEMP), realizada na manhã desta quinta-feira (27) no auditório Marlene César, onde estiveram presentes representantes de 54 categorias profissionais.

A reunião contou com a presença da presidente do sindicato, Carminha Soares; do vice-presidente José Gonçalves; do procurador geral do município, Phillipe Palmeira; do assessor jurídico da Secretaria de Administração, Taciano Fontes e teve como objetivo discutir a pauta de reivindicações das categorias dos servidores públicos do município de Patos.

Além de ouvir as reivindicações, o prefeito realizou vários esclarecimentos para mostrar aos servidores que a atual gestão empenhada e planejando medidas que beneficiem tanto a população como os servidores municipais, a exemplo da implantação do Vale Transporte realizada na última terça-feira (25).

Dinaldinho classificou o momento como muito produtivo, pois segundo ele, o objetivo da sua administração é trabalhar sempre dialogando com o servidor em busca por melhores condições de trabalho e, que este momento, representa a prática da democracia entre as partes envolvidas.

“Nós mantemos esta negociação permanente com os sindicatos, de três em três meses nós temos nos reunido para que a gente escute as categorias, escute os funcionários, suas dúvidas, etc. Essas reuniões são importantes, pois servem para a gente ver aquilo que pode ser implementado e aquilo que está faltando. Conversamos com os servidores e dissemos como está a prefeitura e como ela está sendo gerida e debatemos propostas sempre pensando no coletivo e não no individual”, comentou o prefeito de Patos.

A presidente do SINFEMP, Carminha Soares, também falou sobre a importância do momento e destacou o trabalho de uma comissão de avaliação na questão das progressões salariais de alguMas categorias.

“O sindicato vai sentar e conversar com a comissão que vai ser chamada para ver a questão das progressões salariais. O Conselho foi nomeado e a comissão vai analisar os mais de 300 processos que temos somente na Saúde, para que o mais rápido possível seja implementado essas progressões nos contracheque dos servidores”, destacou.

Assessoria

Comente com o facebook

Comentários