Assistentes Sociais e psicólogos querem salários de R$ 1.700,00

psicoEm reunião realizada na última sexta-feira, dia 6 de dezembro de 2013 com as assistentes sociais, psicólogos e orientadores educacionais, foi discutida a situação salarial e as propostas que serão apresentadas no novo plano de cargos, carreira e salários da Prefeitura Municipal de Patos.

Os assistentes sociais recebem apenas como salário base o valor de R$ 970,00. Os Psicólogos apenas R$ 760,00 e os orientadores educacionais um salário mínimo de R$ 678,00.

A proposta apresentada para os assistentes sociais foi de um salário base de R$ 1.700,00 e mais uma gratificação de 40%. Os Psicólogos a proposta de R$ 1.700,00 e mais uma gratificação de 40%. Os Orientadores educacionais, que são profissionais do magistério, seguir a tabela de pagamento dos professores, levando em consideração o salário base e mais 40% de gratificação, já que os mesmos não terão direito a docência. Todos esses profissionais devem trabalhar 30 horas semanais.

Além dessas propostas todos devem ter direito a percentual por titulação.

Para a presidente do SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, Carminha Soares, recebeu denúncias de que existem assistentes sociais contratados que ganham superior ao efetivo. “Dizem que os contratados e comissionados ganham mais do que os que se submeteram a concurso público e caso isso esteja acontecendo é lamentável”, frisou a mesma.

sinfemp.com.br

Comente com o facebook

Comentários

Deixe um comentário