Servidores públicos fazem protesto e exigem pagamento de salário em dia e melhores condições de trabalho na cidade de Patos

  • Servidores Públicos em Patos

Dezenas de servidores públicos do Município de Patos saíram às ruas na manhã desta segunda-feira, dia 10, em protesto devido ao atraso salarial, pedindo melhores condições de trabalho, além de exigir exoneração dos cargos comissionados, pagamento do PMAQ e o pagamento dos vencimentos dentro do mês trabalhado.

A manifestação foi convocada pelo Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP). O ato começou na sede do sindicato, localizado na Praça Edivaldo Motta, Centro, e depois percorreu às ruas até a Prefeitura Municipal de Patos onde uma comissão foi recebida pelo prefeito interino Lenildo Morais (PT).

Os servidores se queixam de falta de material nos locais de trabalho e de precariedade em muitos setores, tais como ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e nas Unidades Básicas de Saúde.

Lenildo Morais está como prefeito de Patos acerca de 30 dias e tem enfrentado dificuldades na gestão devido aos inúmeros problemas encontrados, como falta de recursos, funcionários fantasmas, órgãos desestruturados e folha de pagamento atrasada. Mesmo diante desses fatos, o SINFEMP tem exigido transparência nas ações e solução para vários casos apontados.

Os manifestantes também chamaram a atenção para a votação da Proposta de Emenda à Constituição PEC 241 que proíbe novos investimentos em saúde, educação e outros direitos sociais por 20 anos. Na PEC 241, os salários dos servidores públicos serão congelados, concursos públicos serão cancelados causando uma verdadeira catástrofe social no país.

Jozivan Antero – Patosonline.com

Comente com o facebook

Comentários

Deixe um comentário