Greve: Prefeita de Patos aceita tabela apresentada pelo SINFEMP

IMG_9850 Hoje foi um dia de intensa mobilização por parte dos funcionários municipais de Patos, em greve desde o último dia 22, que realizaram grande assembleia em frente ao seu sindicato (SINFEMP), de onde saíram em caminhada para a Câmara Municipal, Casa Juvenal Lúcio de Sousa, na qual participaram de audiência pública que teve como propósito discutir o reajuste salarial e vários pontos da extensa pauta da campanha salarial 2015.
Com a presença de cinco vereadores e alguns secretários, finanças, administração, saúde do município, a sessão foi bastante acalorada, com amplo debate entre o 1º escalão da prefeitura e representantes sindicais, a fim de chegar um consenso sobre os valores pleiteados pelas categorias de servidores.
IMG_9902 (1)Como não se chegou a um acordo ao longo da audiência, a comissão de greve foi convidada a participar de uma mesa redonda com os representantes da prefeita Francisca Motta. Ao final a chefe do Executivo acatou a tabela com reajuste mínimo sugerido pelo SINFEMP, na sua integralidade, com acréscimo de R$ 25,00, R$ 35,00, R$ 39,00 e para os de nível superior R$ 165,00.
Além disso, a Prefeitura enviará à Câmara Municipal o projeto de lei da insalubridade, novo estatuto do servidor público, progressões horizontais e verticais, como também a isonomia dos educadores físicos, educadores sociais e o retroativo que será discutido em outubro.
A presidente do SINFEMP, Carminha Soares destacou a importância da sessão da Câmara mesmo com a ausência de 8 vereadores.
IMG_9928” Conseguimos lotar a Câmara Municipal com servidores e além disso, a reunião da comissão, onde os representantes da Prefeitura aceitaram a tabela apresentada pelo SINFEMP, além de outras demandas, como a isonomia para os educadores físicos, sociais, nutricionistas”.
“Nada ainda foi decidido pela comissão. Tudo será apreciado em nossa assembleia geral desta quinta-feira, dia 30 de abril, às 08h da manhã.
Quero agradecer a participação efetiva de todos os servidores nessa longa e árdua caminhada. Como afirma nosso slogan de campanha salarial 2015: Não quero nem saber… Quero Meus Direitos!”, comentou José Gonçalves, vice-presidente do Sindicato dos Funcionários Municipais de Patos e Região (SINFEMP).
IMG_9917Mas, a greve continua e somente nesta quinta-feira, as 8 da manhã a assembléia geral deliberará se aceita ou não.

Comente com o facebook

Comentários

Deixe um comentário