SINFEMP convoca assembleias para quinta e sexta-feira em Patos

DSC07032A Presidente do SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, Carminha Soares, esta convocando todos os servidores públicos municipais de Patos para duas assembleias que acontecerão nesta quinta e sexta-feira, (6 e 7), no Auditório da Associação Comercial onde na oportunidade será apresentada a contraproposta da Prefeitura no tocante as reivindicações apresentadas pela entidade a Prefeita Francisca Mota.

A assembleia do dia 6 de março de 2014, será realizada às 3 horas, com todos os servidores lotados na Secretaria de Saúde e terá a presença da secretária Ilana Mota, que apresentará a contraproposta da Prefeitura Municipal.

 No dia 7, no mesmo horário, será a vez dos servidores lotados nas demais secretarias, a exemplo das auxiliares de serviços, vigias, garis, técnicos administrativos, telefonistas, onde a Prefeita Francisca Mota apresentará a contraproposta a todas as categorias.

Na última quinta-feira, (27), a Prefeita recebeu diversas categorias e apresentou a contraproposta, tendo sido aceita pelos guardas municipais, assistentes sociais, orientadores educacionais,nutricionistas, técnicos em informática, médicos veterinários, engenheiros florestais, químicos, agrônomos, coveiros, pedreiros, serventes, encanadores, pintores e  motoristas.

Para a presidente do SINFEMP, Carminha Soares, depois de apresentada as contrapropostas os servidores municipais irão deliberar se aceita ou não e em caso de não aceitarem, quais os encaminhamentos que serão dados.

Outras reivindicações que passa pelo cumprimento do PCCS da saúde a exemplo da isonomia salarial entre os dentistas do PSF e CEO foi regularizada, como também o pagamento de insalubridade de 40%, além de 20% de adicional noturno para todos os servidores que trabalham das 22 às 06:00 horas da manhã.

Na avaliação do vice-presidente do SINFEMP, José Gonçalves, as negociações têm avançado e as mais diversas categorias têm obtidos resultados positivos, especialmente com a revisão salarial.  “Defendemos que todos os servidores que já tiveram aumento do salário mínimo passe a ganhar um pouco mais e todos aqueles que ganham salários superiores ao mínimo recebam um aumento salarial condizente com o trabalho que exercem no dia-a-dia”, frisou o mesmo.

sinfemp.com.br

 

Comente com o facebook

Comentários

Deixe uma resposta