Prefeito de Emas não cumpre acordo com servidores municipais

emas2O Prefeito de Emas, não cumpriu o acordo firmado entre o SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, no tocante ao pagamento do mês de dezembro de 2012, deixado pela ex-gestora municipal, quando foi parcelado em três vezes, mas pagou apenas 40%, deixando de pagar aos demais servidores.

Além disso, os servidores da saúde e demais servidores que tem direito a insalubridade não recebem e a entidade irá viabilizar o laudo junto aos locais de trabalho, encaminhar ao gestor e caso não pague será acionado na justiça.

Os professores que tem apenas o magistério não estão recebendo os seus salários de acordo com a lei 11.738/2008, sendo inferior, apesar de trabalharem 30 horas semanais.

Para a presidente do SINFEMP, Carminha Soares, o aumento de 8,32% concedido pelo governo federal é direcionado para os professores que tem apenas o Magistério, devendo ser acrescido para os que têm licenciatura, especialização, mestrado e doutorado outras vantagens, mas antes de tudo, tem que se garantir o valor de R$ 1.274,00 para os profissionais que trabalham 30 horas semanais, sendo 20 em sala de aula.

Para o vice-presidente do SINFEMP, José Gonçalves, os professores e sindicato chegaram a elaborar uma proposta para o Magistério em conjunto com a Secretaria de Educação, mas no entanto, o assessor jurídico juntamente com o gestor alterou o plano,  prejudicando os professores  e a entidade não aceitou a sua aprovação, pois prejudicava ainda mais a categoria.

No final foi escolhida uma comissão composta por mais de vinte servidores para discutir a situação e encaminhar a luta no município juntamente com a entidade sindical.

sinfemp.com.br

emas1 emas2 emas3 emas4

Comente com o facebook

Comentários

Deixe um comentário