Quem luta, conquista! Professores ativos e aposentados de Patos garantem aumento salarial

DSC00305A presidente do SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, Carminha Soares, afirmou que os professores ativos e aposentados de Patos, depois da realização da manifestação no último dia 28 conseguiram aumento salarial no percentual de 8,32% retroativo a 1º de janeiro de 2014.

Em Patos, os professores aposentados e pensionistas, estavam reivindicando aumento salarial no mesmo percentual do concedido aos ativos e que o pagamento seja efetuado até o último dia útil de cada mês, tendo sido assegurada as duas reivindicações pela Prefeita Francisca Mota.

Ficou assegurado para os professores ativos o aumento salarial no mesmo percentual para ser pago já no mês de janeiro e o pagamento de um terço de férias, que será efetuado no dia 10 de fevereiro, tendo sido aprovada as duas propostas por unanimidade na assembleia geral realizada na manhã de quarta-feira, dia 29 no Auditório da Associação Comercial de Patos.

Pela manhã a Prefeita Francisca Mota recebeu os representantes do SINFEMP, como também de uma comissão de professores ativos e aposentados de Patos, tendo sido apresentada a proposta de aumento salarial.

Para a presidente do SINFEMP, Carminha Soares, foi importante esse aumento e o comprometimento da Prefeita Francisca Mota em se comprometer que se aumentar o percentual por parte do governo federal, será acrescido o mesmo valor no município.

A sindicalista acrescentou que a luta não para com esse aumento, pois existem outras demandas da categoria, a exemplo da necessidade de um novo plano de cargos, carreira e salários para o magistério, eleições diretas para diretores de escolas, condições dignas de trabalho, dentre outras.

O vice-presidente do SINFEMP e presidente da CTB/PB, José Gonçalves, destacou a participação dos trabalhadores da educação na manifestação e a conquista do aumento salarial, evitando assim a possibilidade de uma greve da categoria como aconteceu no ano anterior.  “O percentual de aumento ainda é pouco, mas o governo federal tem cedido aos prefeitos e governadores mas a nossa luta é nacional pelo aumento do percentual do piso e nos municípios para que todos os gestores municipais cumpram o que foi definido para a categoria”, frisou o mesmo.

sinfemp.com.br

DSC00288 DSC00319 DSC05969

Comente com o facebook

Comentários

Deixe uma resposta