Prefeito de São José de Espinharas não cumpre acordo e servidores devem paralisar atividades

prefsjeO SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, recebeu diversas ligações e visitas de servidores da Prefeitura de São José de Espinharas no tocante ao não pagamento de 1/3 de férias referente aos anos de 2012 e 2013.

A presidente do SINFEMP, Carminha Soares procurou o Escritório de Representação em Patos e foi informada de que ainda não foi feito o levantamento da folha de pagamento o que revoltou a sindicalista que lamentou esse acordo ter sido firmado no dia 6 de dezembro de 2013 e chegar ao dia 14 de janeiro de 2014, sem o contador ou pessoa responsável pelo pagamento terem feito esse serviço.

A entidade está convocando todos os servidores públicos municipais para uma assembleia geral no dia 3 de fevereiro de 2014, às 09:00 horas da manhã na Escola Municipal Titico Gomes e irá defender a paralisação de todas as categorias de trabalhadores e no tocante aos professores não iniciar o ano letivo 2014.

Para o vice-presidente do SINFEMP, José Gonçalves, Paulo  e Pedro, representantes da Prefeitura se comprometeram em honrar com esses pagamentos mas até o mês de dezembro de 2013, que era para ter sido pago no dia 30, fizeram o pagamento no último dia 10 de janeiro de 2014.

Gonçalves enfatizou ainda que a proposta da Prefeitura era que o pagamento de 1/3 de férias de 2012 fosse feito no dia 10 de janeiro de 2014 e 1/3  de férias de 2013 no dia 10 de fevereiro e o sindicato propôs que fosse no dia 15, justamente para não ter nenhum pretexto para não fazer o pagamento e mesmo assim, nada foi cumprido de acordo com a assembleia do dia 6 de dezembro no Município.

Além desse pagamento o SINFEMP vai exigir o aumento salarial para os professores no percentual de 20% retroativo a 1° de janeiro de 2014 e aumento também para os demais servidores municipais.

sinfemp.com.br

Comente com o facebook

Comentários

Deixe um comentário