Perseguição em Cacimba de Areia

A Prefeitura Municipal de Cacimba de Areia está obrigando os servidores que trabalham no PSF a trabalharem no feriado de carnaval sem a presença do médico e dentista, que terão folgas neste período.

Para o vereador João Batista (PCdoB), que também é dirigente do SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, não tem sentido um PSF funcionar apenas com servidores, sem médico e dentista, provocando preocupações aos servidores que não estão habilitados profissionalmente para atender a população.

Para o vereador, até se justificava o funcionamento do PSF se estivesse com toda a equipe e não apenas com alguns. “Quem já presenciou uma situação dessas, onde o médico e dentista são liberados e os demais servidores tem que ficar no plantão?, destacou Batista.

O vereador ver como uma forma de perseguir os servidores públicos municipais, prática essa iniciada desde o primeiro dia do novo prefeito, que deixou de pagar aos concursados, inclusive os que fizeram o concurso dentro das vagas e está contratando servidores de forma irregular, sem concurso público, infringindo o que determina a lei.

Mais uma vez, o vereador fará a denúncia junto ao Ministério Público em Patos, colocando toda a situação, contra o atual prefeito. “Infelizmente o prefeito está mal assessorado, onde está prevalecendo as demissões dos que fizeram o concurso e ao mesmo tempo sendo contratados servidores aliados do mesmo, muitas vezes sem a mínima necessidade e faremos mais uma vez a denúncia junto ao Ministério Público em Patos, logo depois do carnaval”, frisou o mesmo.

agorapatos.com.br

Comente com o facebook

Comentários

Deixe uma resposta