SINFEMP não aceitará pagamento de servidores de Patos no dia 10 do mês subsequente

Retrocesso. Foi assim que a Presidente do SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, Carminha Soares, se posicionou acerca do anúncio do secretário de Administração de Patos, Dr. Charles e da Prefeita Francisca Mota,  sobre o pagamento do salário dos servidores públicos municipais de Patos no dia 10 do mês subsequente ao trabalhado.

A sindicalista defende que o pagamento seja efetuado dentro do mês trabalhado, assim como vinha ocorrendo nos oito anos do ex-prefeito Nabor Wanderley, pois todos os servidores já estão programados, inclusive com suas contas para o dia 30 e que acarretará prejuízos para todos, caso não seja efetuado o pagamento como vinha ocorrendo anteriormente, até o mês de novembro de 2012.

A presidenta adiantou ainda que não tem sentido os recursos chegarem ao município nos dias 10, 20 e 30 de cada mês e o servidor público, que verdadeiramente trabalha ficar a mercê de gestor municipal para receber os seus salários quando bem lhes convier, ou seja, dia 10 ou posterior a esta data.

Carminha citou que todos os prefeitos, secretários, vereadores, mesmo com dificuldades que eles dizem ter nos municípios, sempre receberam e irão continuar recebendo em dia seus salários, que são totalmente superiores aos dos servidores, onde oitenta por cento recebem apenas o salário mínimo. “diga-me qual o prefeito, vereador ou secretário ficou sem receber o seu salário do mês de dezembro de 2012”? indagou a sindicalista.

No caso específico de Patos, a entidade vai realizar assembleia geral com todos os associados, especialmente com os aposentados e pensionistas, que na opinião da mesma devem receber primeiro dos que os servidores que estão na ativa, para discutir a situação, pois o que não pode é o servidor ficar sem ter condições de fazer a sua feira, pagar os seus compromissos com farmácia, consignações em bancos, água, luz, telefone, cartões de crédito, aluguel, tudo com juros, dentre outras coisas, esperando que o pagamento saia de acordo com as conveniências de quem está no poder.

O SINFEMP já solicitou audiência com a Prefeita Francisca Mota para colocar o seu posicionamento e espera que seja marcada o mais rápido, no sentido de colocar as coisas em dia, especialmente o pagamento de salários até o dia 30 de cada mês.

Caso persistam os problemas iremos marcar mobilizações de todas as categorias para demonstrar a nossa insatisfação com essas medidas que atrapalham a vida de todos nós servidores. “Queremos garantir os avanços conquistados no governo anterior e avançarmos em melhores condições de trabalho e de salários para todos os servidores de Patos a partir de 2013 e não retroceder”, frisou Carminha Soares.

Comente com o facebook

Comentários

Deixe um comentário