Profissionais do Magistério Público Municipal farão greve nacional em 2013

A Presidente do SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, Carminha Soares, enfatizou que os profissionais do magistério público municipal de Patos e demais municípios da base territorial da entidade, querem a implantação do piso salarial de R$ 1.756,00 a partir de 1° de janeiro de 2013 de acordo com o percentual do custo aluno ano, divulgado pelo Ministério da Educação.

A entidade irá seguir a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação-CNTE, que deliberou uma semana nacional da educação em abril de 2013, que será focada na valorização dos profissionais em educação, culminando com uma greve nacional de três dias, precisamente, 23, 24 e 25 de abril do próximo ano.

O SINFEMP realizará no mês de fevereiro de 2013, o seu encontro regional com todos os trabalhadores e trabalhadoras da educação, visando construir uma proposta de aumento salarial, retroativa a 1º de janeiro, não apenas para os ativos, mas para os aposentados e pensionistas de Patos e Região.

Para Carminha Soares, o aumento deve contemplar os demais servidores lotados na secretaria de educação, a exemplo das auxiliares de serviços, técnicos administrativos, vigias, merendeiras, diretores, diretores adjuntos, supervisores, coordenadores, visando acima de tudo, recuperar perdas salariais dos últimos anos.

A presidente também cobrou a participação dos professores e demais servidores nas mobilizações que serão realizadas em 2013 em Patos e demais municípios da base territorial, como única forma de conseguir melhores condições de trabalho, como também melhores salários.

Comente com o facebook

Comentários

1 comentário em “Profissionais do Magistério Público Municipal farão greve nacional em 2013”

  1. E NÓS APOSENTADOS?ESPERO Q SEJA COMO SEMPRE TB ENTRAREMOS NESSA LUTA E Q TB SEJAMOS CONTEMPLADOS COM O MESMO AUMENTO COMO VEM SENDO TODOS OS ANOS,ESPERO Q CARMINHA FAÇA COMO ZÉ,TB SEMPRE LEMBRE-SE DE NÓS APOSENTADOS, FELIZ NATAL.

Deixe uma resposta