SINFEMP denuncia que servidores de Patos estão sendo obrigados a cumprir carga horária acima do permitido em lei

O SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região denunciou que diversos servidores que foram aprovados no último concurso estão sendo obrigados a trabalharem além da carga horária permitida em lei.

A entidade recebeu denuncias de servidores que trabalham no Terminal Rodoviário, onde estão sendo obrigados a cumprirem carga horária de domingo a domingo, sem repouso semanal, além de não ser concedido aos mesmos os equipamentos de proteção individual.

Outros servidores que trabalham na Secretaria de Educação, a exemplo dos técnicos administrativos que dão expediente à noite estão sendo obrigados a completarem a carga horária durante o dia, quando é ilegal, pois o turno da noite é especial.

Já os vigias das escolas também estão sendo prejudicados, pois a Secretaria de Educação determinou que os mesmos trabalhem de domingo a domingo sem folgas semanais, mais uma vez infringindo o que determina a lei.

Para a presidente interina do SINFEMP, Maria de Guilherme, isso não pode acontecer. Informou que a entidade já enviou oficio na manhã de terça-feira solicitando esclarecimentos e ao mesmo tempo pedindo que imediatamente fosse revista essa posição adotada, para não prejudicar os referidos servidores municipais.

A presidente da FETRAM- Federação dos Trabalhadores Públicos Municipais da Paraíba e Diretora do SINFEMP, Carminha Soares, afirmou que a entidade não vai permitir que isso aconteça, pois a luta do Sindicato é pela redução da carga horária de todos os servidores para 30 horas semanais e não o aumento da mesma.

A entidade espera que seja resolvida a situação, sob pena de acionar a justiça para acabar com esse problema.

Comente com o facebook

Comentários

Deixe uma resposta