SINFEMP quer definição até sexta de aumento dos professores de Patos

O Presidente do SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, José Gonçalves, afirmou que até sexta-feira, o Prefeito de Patos, Nabor Wanderley, deve apresentar uma proposta concreta para o aumento salarial dos professores retroativo a 1º de janeiro de 2012.

O sindicalista argumentou que nos anos anteriores, Patos antecipou a divulgação do aumento e esse ano está demorando bastante, apesar da proposta da entidade ter sido entregue com uma grande antecedência ao gestor municipal.

A proposta do SINFEMP é o aumento salarial de 25% retroativo a 1º de janeiro de 2012, mantendo às 25 horas semanais de trabalho.

Na próxima sexta-feira, dia 30 de março, será realizada uma reunião entre o SINFEMP e o gestor municipal, precisamente as 14:00 horas e logo mais as 16:00 horas, será realizada uma assembleia geral com toda a categoria no Auditório da Associação Comercial de Patos, onde irão discutir se aceitam ou não a contraproposta apresentada pelo gestor municipal.

Com a aprovação da PEC 270 que trata do aumento salarial para os aposentados e pensionistas que se aposentaram por invalidez desde 2003, faltando apenas a sansão da Presidente Dilma, o sindicalista José Gonçalves, defende que o mesmo percentual de aumento que for concedido aos professores da ativa seja repassado para os professores aposentados e pensionistas de Patos.

Gonçalves frisou que outros municípios já concederam o aumento salarial a exemplo de Vista Serrana, São José de Espinharas, Várzea, São Mamede, Quixaba, Passagem, São José do Bonfim, Mãe D’água, Santa Teresinha e Patos ainda não definiu a proposta para a categoria.

Os municípios que ainda não se pronunciaram sobre o aumento, tais como: Santa Luzia, São José do Sabugi, Junco do Seridó, Cacimba de Areia, Areia de Baraúnas, Salgadinho, Emas, Catingueira, Olho D’água, Malta, Condado, serão realizadas as assembleias locais e encaminhada a denúncia ao Ministério Público, pois o Piso é Lei e tem que ser cumprida. Além disso, o SINFEMP irá solicitar a relação de contratados, comissionados nos meses de janeiro, fevereiro e março, como também a prestação de contas do FUNDEB no mesmo período.

Comente com o facebook

Comentários

Deixe um comentário