CTB Paraíba realiza 3º Encontro Estadual e define agenda de lutas

ctb

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil na Paraíba, realizou no último dia 28 de maio o 3º Encontro Estadual que contou a participação de 50 dirigentes sindicais, sendo 30 mulheres e 20 homens, representando todas as regionais da central no Estado.

No encontro foi discutido basicamente a atual conjuntura política atual e as eleições de 2016, a legalização dos sindicatos junto ao Ministério do Trabalho e Emprego, a realização de cursos de formação sindical e o débito automático de todos os sindicatos filiados à central na Paraíba.

Sobre a conjuntura política atual foi feita a intervenção pelo presidente da central José Gonçalves e pelo Secretário de Agricultura Familiar no Estado da Paraíba, Lenildo Morais, além do representante da FETASP, José Alcione. O incentivo para a participação dos sindicalistas nas eleições de 2016 no sentido de eleger prefeitos e vereadores comprometidos com a luta dos trabalhadores também foi discutido, tendo sido constatada a pré-candidaturas de diversos sindicalistas presentes.

3 encontro ctbpb3

No tocante a legalização dos sindicatos junto ao Ministério do Trabalho e Emprego, foi deliberado que todos os sindicatos encaminhassem as demandas para a CTB e FETASP para serem publicado os editais, como também para os sindicatos que já deram entrada no processo, para que seja feito o acompanhamento pela assessoria jurídica em Brasília.

Já em relação a formação sindical, ficou definido para agosto a realização de dois cursos de Gestão Sindical (direitos trabalhistas e previdenciários, comunicação e organização por local de trabalho), com a participação de 50 sindicalistas em cada, nas regionais da CTB em Patos e Sousa, que deverá ser ministrado pelo CES- Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho, em parceria com a Secretaria de Formação da CTB nacional.

Sobre os débitos automáticos para pagamento das mensalidades sindicais, os presidentes de sindicatos devem agilizar junto aos Bancos, Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil no prazo de 60 dias. O tesoureiro da CTB na Paraíba, Ailton Lima, enfatizou a necessidade do pagamento em dia de todas as mensalidades, pois será realizado o congresso da central em 2017 e todos devem estar em dia para poderem participar, além de cumprir o que determina o estatuto.

3 encontro ctbpb2

Para o presidente da CTB na Paraíba, José Gonçalves, o 3º encontro foi logrado de êxito e que as decisões tomadas também se baseiam no PES-Planejamento Estratégico Situacional realizado pelo CES nos dias 13 e 14 de maio com a direção da central no estado, onde foram apontadas todas as demandas da diretoria e da base. “Começamos a exercitar o que foi discutido e aprovado no PES realizado que teve como facilitadores o professor Augusto Petta e a Professora Liliane Lima do CES, que mudou radicalmente a nossa prática sindical desde o primeiro ano junto com a nossa direção”, destacou o sindicalista.

A CTB também intensificará a luta em defesa da democracia e contra o golpe, não reconhecendo o governo golpista de Michel Temer, além de lutar para que não aconteça retrocesso nas conquistas dos últimos 13 anos.

Fonte: CTB PB

Comente com o facebook

Comentários

Deixe uma resposta