SINFEMP denuncia que servidores de Patos estão trabalhando sem EPI

Curta!
Na Secretaria de Serviços Públicos

Em visita aos locais de trabalho aos servidores lotados nas secretarias de infraestrutura, serviços públicos, saúde e educação, foi constatado a ausência de Equipamento de Proteção Individual de acordo com a Norma Regulamentadora-NR 6 do Ministério do Trabalho e Emprego.

Os garis que trabalham diretamente com recolhimento de restos de árvores e em contato direto com o lixo nem sequer luvas, sendo feridos com espinhos todos os dias.

Na Secretaria de Infraestrutura

Os coveiros também não têm condições dignas de trabalho, pois além da ausência de EPI não tem locais adequados para fazer suas refeições e nem tampouco para banho e lavagem de suas roupas, tendo que levar para suas casas.

Os servidores que são auxiliares de serviços e merendeiras de escolas e creches também não tem o EPI, ampliando para as auxiliares das demais secretarias.

O SINFEMP já encaminhou oficio a Prefeitura e as respectivas secretarias solicitando providências imediatas e caso não seja resolvido, a Prefeitura será denunciada no Ministério Público Federal do Trabalho mais uma vez, pois o TAC – Termo de Ajustamento de Conduta vem sendo descumprido diariamente.

No Cemitério São Miguel

Os servidores da Infraestrutura e serviços públicos poderão paralisar suas atividades, pois não vão trabalhar sem ter botas, luvas, máscaras, fardamento, dentre outros.

vice-presidente do SINFEMP, José Gonçalves esteve visitando o Cemitério São Miguel na tarde de quinta feira e constatou que os coveiros e demais servidores sequer tinham água para beber e que todas as portas estavam fechadas, onde antes tinha uma geladeira e a chave estava com o coordenador.

Para a presidente do SINFEMP, Carminha Soares, nada justifica os servidores trabalharem nessas condições e o pior é que mesmo com a solicitação da entrega do material, os secretários ainda fazem vista grossa.

Sinfemp.com.br

Comente com o facebook

Comentários